• Instagram Social Icon
  • facebook-square
  • youtube-square
  • Flickr Social Icon

Piazzolla: 26 anos sem inventividade do compositor

04/07/2018

Nesta quarta-feira (4) faz 26 anos que mundo perdeu a inventividade de Astor Piazzolla

 

Você pode até não ter ouvido falar de Astor Piazzolla, mas certamente ouviu alguma de suas canções. Considerado o reinventor do tango, o compositor argentino obteve fama, reconhecimento e tudo que um músico de renome pode ter.

 

 

Claro que a trajetória de Piazzola nem sempre foi assim. Ele teve que lutar para impor seu estilo, considerado pelo ortodoxos uma descaraterização do estilo.

 

Nascido em Mar del Plata, em 1921, passou a infância em Nova York. Saudoso pela música portenha, seu pai o presentou com um bandoneon e conheceu o jazz e a Bach. Aos 13, foi convidado por Carlos Gardel a integrar seu conjunto e ingressar em turne pela América Latina.

 

Aos 23 anos Piazzolla foi para Paris estudar com a legendária Nádia Boulanger, que lhe abriu as portas da música clássica e da orquestração moderna. De volta a Buenos Aires provocou grande polêmica com seu novo tango, que enfureceu os tradicionalistas.

 

Esteve no Brasil diversas vezes e se apresentou com Tom Jobim no programa do Chico & Caetano, na TV Globo. Celebrado como um dos maiores músicos do século 20, Astor Piazzolla gravou 64 discos e maravilhou várias gerações de tangueiros e jazzistas com a dramaticidade e sofisticação de sua música.

 

Vale lembrar que a música de Astor Piazzolla está presente na trilha sonora do filme Toda Nudez Será Castigada, do brasileiro Arnaldo Jabor, adaptação da peça homônima de Nélson Rodrigues. Entre elas, Fuga Nº 9, do disco Música Contemporânea de la Ciudad de Buenos Aires, Vol 1 (1971). Trilha que valeu a Piazzolla uma Menção Especial do Júri, no Festival de Gramado do mesmo ano. Piazzola morreu em Buenos Aires, no dia 4 de julho de 1992.

Please reload

Em Destaque

Inscrições abertas para oficina de violão

24/07/2018

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload